Produtor poderá emitir GTA logo após vacinação

Prazo de carência para trânsito animal pós-vacinação contra febre aftosa é extinto


A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa começa com novidade e menos burocracia, o produtor rural não precisará mais cumprir os prazos de carências exigidos após vacinar os animais. A autorização está prevista na Instrução Normativa nº 48, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com isso, assim que o pecuarista vacinar os bovídeos (bovinos e bubalinos) e declarar o ato poderá a emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA).

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo